Skip to content

Andando na luz

12 de Fevereiro de 2011

Quero fazer uma breve reflexão acerca do “andar na luz”, termo que encontramos em 1 João 1.5-10.

5 E esta é a mensagem que dele ouvimos, e vos anunciamos: que Deus é luz, e não há nele trevas nenhumas. 6 Se dissermos que temos comunhão com ele, e andarmos em trevas, mentimos, e não praticamos a verdade. 7 Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado. 8 Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. 9 Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. 10 Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós.”

 

Sabemos que somos pecadores. Isso não é novidade a muito tempo.Sabemos também que o pecado é algo que nos afasta do Senhor e que na vida do Cristão, o pecado deve ser encarado como ACIDENTE e não como prática diária.A palavra fala o seguinte em Tiago 1.15:

“…Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte.”

É fato que o pecado gera conseqüências, gera a morte. Morte dos seus sonhos, dos seus planos, da presença de Deus na sua vida, enfim, o pecado seduz em um primeiro momento, tem um gosto falsamente agradável, mas depois gera tristeza, dor, mágoas e diversos outros sentimentos negativos, além de trazer a culpa e a condenação.

Mas por que estou dando tanta ênfase ao pecado? Realmente, o inimigo já foi envergonhado pela cruz de Cristo, Jesus já pagou pelos meus e os seus pecados, antes mesmo de nós existirmos. De fato, mas existe algo muito sutil, que pode ser chamado de “pecado de estimação”. Todos conhecem o espinho na carne do qual o apóstolo Paulo falava. Paulo tinha algo em sua vida que o tirava do sério, algo que o fazia lembrar que ele não era tão bom assim, algo que o incomodava profundamente. Isso poderia ser uma enfermidade ou até mesmo um tipo de pecado.  Igual a Paulo, todos possuem um ponto fraco, um ponto X, uma fraqueza, algo que nos tira do sério. Costumamos entregar tudo ao Senhor, confessar todos os pecados, e o Senhor faz a parte Dele. Perdoa e se esquece das nossas transgressões.

Mas falo de algo que esquecemos ou simplesmente amamos demais para entregar a Deus. Aquilo que gera prazer ou algo que você esta simplesmente acostumado e convencido de que nunca vai mudar. Agora quero fazer menção ao texto de 1 João 1.5-10, especialmente ao versículo 7, que está grifado acima. O Senhor nos perdoa em todo o tempo, Ele é bom, e não cabe a nós o entendimento do seu amor e graça. O verso 7 diz que o Senhor purificará, através do sangue de Jesus, os nossos pecados, mas para isso temos que ANDAR NA LUZ ou seja, ser sincero com o Senhor a respeito de nossas dificuldades e também ANDARMOS EM COMUNHÃO UNS COM OS OUTROS, sendo sinceros com os irmãos a respeito das nossas fraquezas.

Quero que você me entenda bem, leitor amigo. Não saia contando os seus problemas e falhas para todo mundo. É algo particular seu. Primeiramente ande na luz. Reconheça que sempre deve confessar ao Senhor tudo o que houver de errado em sua vida, depois, ponha na cabeça que você não é auto-suficiente, que você precisa do outro, que você precisa andar junto de alguém que possa te ajudar. Escolha alguém de Deus para compartilhar das suas dificuldades. Todos temos um calo, algo que custa a sair das nossas vidas, e o interessante nesse texto é que posso ver algo claramente espiritual e de difícil entendimento, a comunhão e o andar na luz, geram cura! Algo magnífico da parte de Deus e que não cabe a nós tentar entender.

Tenho visto o pecado agindo fortemente e afastado pessoas de Cristo. Alguns se conformam, outros se tornam hipócritas, alguns outros escolhem o mundo por pensar que são incapazes, mas a verdade é que, temos em Cristo a liberdade e a libertação das coisas que nos prendem e a palavra de Deus é o caminho para alcançar uma constância e uma vida livre de pecados diários. Busque se afastar daquilo que te afasta de Deus. O Espírito santo nos ajuda e também usa pessoas para isso. Caminhe na luz, seja sábio, use as armas que o Senhor disponibiliza, seja santo e caminhe buscando santidade. Vale a pena viver para Deus.

Minha oração é que o Senhor Jesus possa iluminar nossas mentes para compreender a palavra e que o desejo por agradá-lo possa queimar em nossos corações. Livres do pecado, livres da condenação e da culpa, vivendo uma vida que só faz sentido se for vivida ao lado de Cristo, isso é uma vida de valor.

 

Paz!

 

Pedro Vasconcelos

Anúncios

From → Sem categoria

Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: